quarta-feira

Homem que matou mulher e filha disse que tinha ciúmes do bebê: "tomava muito tempo dela"

Homem atirou na esposa e na criança. 

O gaúcho Marcelo Barberena, 37 anos, disse que estava se separando da mulher. Em depoimento à polícia, ele declarou que "tinha muito ciúmes dela e da bebê", divulgou a delegada Socorro Portela, da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), que investiga o crime. "Há informações de que ele tinha bastante ciúmes, inclusive da criança, pois tomava muito tempo dela. Ele queria sair com a mulher e não conseguia, por causa da criança", disse a delegada Portela em entrevista ao G1 Ceará. Adriana Pessoa de Carvalho Moraes, 38 anos, e a filha de oito meses, Jade, foram achadas mortas na manhã de domingo, na casa de veraneio da família, em Paracuru. Marcelo baleou a mulher na cabeça, e atirou nas costas da filha. Após cometer o crime, ele dormiu e entrou em pânico ao acordar. "O Marcelo disse que foi só quando acordou que viu a besteira que tinha feito. Nesse momento, teria começado a gritar de desespero", contou a delegada.

Nenhum comentário: