quinta-feira

Senado aprova PEC que proíbe União de criar despesas para estados e municípios

Foto: Jefferson Rudy / Agência Senado 

O Senado aprovou nesta quarta-feira (26), por 68 votos a favor e nenhum contra, a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) nº 84, de 2015, de autoria da senadora Ana Amélia (PP-RS), que proíbe a União de criar despesas aos Estados e municípios sem que para seu custeio sejam realizados repasses financeiros da União. O governo atuou para adiar a votação para esta quarta e conseguir incluir no texto um dispositivo que o previne de propostas que oneram a União. Também nesta quarta, a comissão especial da Câmara dos Deputados aprovou a PEC, que deve ir à votação no plenário da Casa na próxima semana. A proposta é similar a PEC 172, de autoria do líder do DEM na Câmara, Mendonça Filho (PE), que originalmente determinava apenas que a União não poderia atribuir obrigações a Estados e municípios sem definir a origem das receitas. Durante a votação no Senado, presidente da Casa, senador Renan Calheiros (PMDB), afirmou que a proposta de Ana Amélia "era mais completa".

Nenhum comentário: