quinta-feira

Unime forma turma de Fisioterapia e estudante com deficiência visual é aplaudido de pé


A Unime Itabuna, que proporciona ensino superior de excelência, formou a sua décima turma de Fisioterapia. Entre os 12 novos bacharéis, um aluno se destacou nos cinco anos de curso: Adevaldo Sarmento, de 37 anos, enfrentou todas as etapas da graduação com comprometimento e determinação e o fato de ser portador de deficiência visual não o impediu de realizar o seu sonho. 

O jovem Del, como é conhecido em Itabuna, que já trabalha como massoterapeuta há 14 anos, decidiu iniciar o curso por incentivo dos clientes, colegas de trabalho e familiares, além, é claro, do seu fascínio pela profissão, como ele diz: “A fisioterapia é uma carreira linda por nos permitir cuidar das pessoas e acompanhar a recuperação delas, e para a qual é necessário apenas ter o conhecimento nas mãos. Eu me identifico muito com o curso no qual me formei e essa profissão me concede certa liberdade, porque, em determinadas áreas, o deficiente visual consegue atuar com total independência.” 

Na rotina da vida acadêmica, Del nunca teve a pretensão de receber tratamento diferenciado em função da sua condição. Seu objetivo era apenas ser tratado como um aluno comum e ter suas limitações respeitadas. Grato pelo apoio recebido dos professores, da Instituição e dos amigos, ele se sentiu realizado no momento em que colou grau e ficou sabendo que foi aplaudido de pé pelos presentes. (R7)

Nenhum comentário: