terça-feira

Preço do níquel cai mais de 40%; Mirabela deve demitir funcionários

Mina está localizada no município de Itagibá. 

A crise vivida pela Mirabela Mineração, localizada no município de Itagibá, é a mais grave desde a sua implantação. Os preços do níquel tiveram uma média de US$ 10.632 por tonelada métrica no terceiro trimestre deste ano, marcando uma queda de 43% em relação a 2014 e de 18,7% na comparação com o trimestre anterior. Diante das dificuldades, a empresa tem buscado alternativas para manter a produção. Atualmente, dezenas de funcionários ainda estão de férias coletivas. Alguns deverão ser desligados da mineradora nos próximos dias. Empresas terceirizadas como a U&M já realizou o desligamento de vários trabalhadores. A situação parece ser a mais difícil na história da mineradora que começou a produção no final de 2008. Com a crise na principal empresa geradora de empregos na região, as comunidades de Ipiaú e Itagibá passam por momentos de tensão na economia. Há rumores que a mineradora esteja com sérias dificuldades para pagar fornecedores e colaboradores, inclusive estaria devendo três meses de CFEM (Compensação Financeira pela Exploração de Recursos Minerais) ao município itagibense. O montante ultrapassa a casa de 1 milhão de reais. (Giro em Ipiaú)

Nenhum comentário: