segunda-feira

Em nova disputa de pênaltis, Messi desperdiça e Chile fatura a Copa América Centenário

Foto: Divulgação/Fifa 

O Chile é mais uma vez o campeão da América. Um ano depois de conquistar a Copa América dentro de casa, a Roja voltou a levantar o caneco continental ao derrotar a Argentina na final da Copa América Centenário 2016, realizada neste domingo (26) na cidade de Nova Jersey. Depois de um 0 a 0 no tempo normal e prorrogação, a equipe dos Andes foi superior na cobrança de penalidades e chegou ao triunfo com o placar de 4 a 2 sobre os rivais.  

A partida foi marcada por momentos de tensão e muita rivalidade dos dois lados, com muitas discussões e atletas das duas equipes expulsos ainda na primeira etapa. Com a bola rolando, os dois times alternaram boas chances de gol, mas acabaram esbarrando nos goleiros adversários e na falta de pontaria dos seus atacantes. Assim como aconteceu nas finais da Copa do Mundo 2014 e na última edição da Copa América, Higuaín teve uma chance clara de abrir o marcador mas acabou desperdiçando no último passe. Na prorrogação, Vargas e Aguero tiveram as melhores chances do confronto, parando nas mãos dos arqueiros rivais.  

Na disputa de penalidades, Vidal iniciou a série e teve sua cobrança defendida por Romero. Para os albicelestes, Messi chutou por cima e isolou a primeira bola da sua equipe. Pelos chilenos, Castillo chutou forte e abriu o marcador, com Mascherano empatando para os rivais. Na terceira tentativa, Aránguiz fez 2 a 1 com uma pancada no canto esquerdo do arqueiro riva e Aguero chutou no mesmo lado para deixar tudo igual novamente. Beausejor chegou ao terceiro para a Roja, mas Biglia vê o seu tiro defendido por Bravo. Na última tentativa dos vermelhos, Silva deu o bicampeonato para a seleção chilena de futebol. (BN Esportes)

Nenhum comentário: