sexta-feira

Queda de árvore 'sagrada' em terreiro mata uma pessoa e deixa duas feridas

(Foto: Tailane Muniz/CORREIO ) 

Uma mulher de 64 anos morreu e outras duas pessoas da mesma família ficaram feridas na madrugada desta sexta-feira (2) após a queda de uma árvore dentro do  Terreiro de Alaketu, que fica na Rua Luís Anselmo, em Salvador. Segundo Suzane Barbosa, iyá atinsa do terreiro, a árvore é sagrada e representa um orixá antigo, o Iroko. Ainda segundo Suzane, a árvore tombou após ter sido atingida por um raio, entre 2h e 2h15 desta sexta-feira (2). Além da idosa que não resistiu, ficaram feridos a filha dela e um neto. A Codesal condenou o imóvel onde funciona o terreiro, que é uma construção do século XVIII, tombada pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), em dezembro de 2004. Equipes do Corpo de Bombeiros estão no local tentando resgatar o corpo da vítima fatal. As outras vítimas foram socorridas por ambulâncias do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu). Com a queda, a árvore atingiu quatro casas que ficam no entorno. Ainda não há informações sobre os riscos de desabamento desses imóveis atingidos, nem a dimensão dos danos. O local foi isolado para o trabalho da polícia e da Defesa Civil (Codesal).  As causas do incidente ainda não foram divulgadas. A árvore fica no fundo do terreiro. No imóvel onde funciona o templo religioso vivem cerca de 20 pessoas. A ialorixá da casa, mãe Jocelina Bispo, estava no terreiro na hora e foi avisada do acidente por vizinhos. "Foi uma surpresa pra gente, essa árvore foi podada em março. É tudo muito novo, ainda não sabemos para onde vamos. Só depois para definirmos isso", explicou Suzane Barbosa. *Correio da Bahia

Nenhum comentário: