sexta-feira

Após 25 anos de queda, taxa de mortalidade infantil sobe 9,2% na Bahia

Mortalidade infantil na Bahia ficou acima da média nacional.

Após 25 anos de queda, a taxa de mortalidade infantil aumentou 9,2% na Bahia em 2016, comparado ao ano de 2015, segundo dados divulgados nesta semana pelo Ministério da Saúde. Conforme o órgão, o estado teve 18 óbitos infantis a cada mil nascimentos em 2016. A taxa ficou acima da média nacional, que foi de 14 mortes por cada mil nascimentos no mesmo ano. A partir de 1990, a Bahia, assim como o restante do país, começou a apresentar queda no número de mortes de crianças. Em 1990, o estado registrava taxa de 66 mortes por cada mil nascimentos. Em 2015, a taxa já havia baixado para 16,4. No país inteiro, houve aumento de 4,8% em 2016 com relação a 2015, quando 13,3 mortes (a cada mil) foram registradas. O Ministério da Saúde credita a alta mortalidade ao vírus zika e às mudanças socioeconômicas. *Matéria reproduzida do G1

Nenhum comentário: