segunda-feira

Ao menos 34 refugiados morrem em naufrágio na costa da Grécia

Foto: Reprodução / Globo News 

Pelo menos 34 pessoas morreram afogadas neste domingo (13) nas proximidades da ilha grega de Farmakonisi, em meio a uma tentativa de chegar na Grécia saindo da Turquia. Autoridades gregas descreveram a ocorrência como a mais fatal desde o início da crise dos refugiados. Um barco de madeira carregando 128 pessoas virou em meio a fortes ventos. Entre os mortos, estão quatro bebês e outras dez crianças, informou um oficial da guarda costeira da Grécia. Ainda de acordo com a guarda costeira, mergulhadores encontraram sete pessoas que estavam presas na cabine da embarcação. Junto com a Itália, a Grécia tem sido um ponto de entrada importante para refugiados tentando entrar na Europa, muitos deles escapando de conflitos e violência na Síria e no Afeganistão. Neste ano, 260 mil pessoas entraram na Grécia até o momento. As mortes ocorrem depois que quatro adultos foram reportados como desaparecidos no sábado por 25 pessoas resgatadas pela guarda costeira quando o barco delas afundou perto da ilha de Samos. Autoridades gregas afirmam que os riscos para aqueles tentando chegar ao país vão aumentar conforme as condições do clima pioram com a chegada do inverno. (Estadão)

Nenhum comentário: