terça-feira

Bahia reforça política de doação e transplante de órgãos

Rui falou sobre o tema durante o programa de rádio "Digaí Governador" 

Assunto importante para salvar vidas, a doação de órgãos é um dos destaques do programa Digaí, Governador! desta semana, na qual está sendo fortalecida a política estadual de incentivo para que os baianos façam a adesão à iniciativa e reforcem a realização de transplantes. “Muitas das pessoas que hoje vivem de transfusão de sangue, vivem de medicamentos, uma vez fazendo o transplante, vão mudar completamente a qualidade de vida que elas têm”, afirma o governador. Sobre as doações de órgãos, Rui informa que são dois movimentos. “O primeiro é de motivar que as pessoas façam a sua doação, ou seja, que assumam que, em caso de óbito de um ente seu, vão doar os órgãos, e a outra medida é incentivar, apoiar os grupos de medicina, as instituições, para que realizem transplante em nosso Estado”. Para o governador, estimulando a doação de órgãos e incentivando que os profissionais de saúde realizem mais transplantes, a Bahia vai se tornar destaque, melhorar a qualidade e dar maior expectativa de vida a milhares de pessoas.

Nenhum comentário: