terça-feira

Ipiaú: Alunos do Modelo e Celestina protestaram contra extinção dos turnos vespertino e noturno


Alunos das escolas estaduais Celestina Bittencourt e Colégio Luis Eduardo Magalhães, o Colégio Modelo, percorreram na manhã desta terça feira (24) ruas do centro de Ipiaú em protesto contra a extinção do período de aulas dos turnos vespertino e noturno em ambas as escolas. Com faixas, cartazes e gritos de ordem, os manifestantes pediram mais investimentos em educação e prioridade para a manutenção da atual estrutura da Secretaria Estadual de Educação vigente no município. Na semana passada o Governo do Estado anunciou a redução dos turnos em ambas as escolas, alegando drástica queda no número de alunos. Conforme a diretora de Planejamento da Secretaria Estadual de Educação, Eliana Carvalho, informou ao IPIAÚ ON LINE, em algumas salas chegam a ser registrados somente dez alunos frequentando nos períodos vespertino e noturno. Ainda assim, ela garantiu que as vagas não serão extintas e os alunos afetados pela medida deverão ser relocados para a escola estadual mais próxima das suas residências. (Ipiaú on Line)

Um comentário:

Secretaria da Educação do Estado da Bahia disse...

A Secretaria da Educação do Estado da Bahia informa que está assegurado o atendimento a todos os estudantes de Ipiaú nas escolas públicas. O fato de não abrir matrícula nos turnos vespertino e noturno, para 2016, nos Colégios Celestina Bittencourt e Modelo Luiz Eduardo Magalhães se deve exclusivamente à baixa frequencia de estudantes registrada nos últimos anos nesses turnos.

"Os estudantes dos turnos vespertino e noturno desses dois colégios têm suas vagas garantidas no Colégio Estadual de Ipiaú, que tem capacidade para atender 480 estudantes em cada turno", afirma a diretora de Planejamento e Atendimento da Rede Escolar da Secretaria da Educação do Estado da Bahia, Eliana Carvalho, informando que os professores que atuam nesses turnos também serão realocados no Colégio Estadual de Ipiaú.

Vale registrar que o Colégio Modelo Luís Eduardo Magalhães, por exemplo, teve apenas 112 alunos no turno vespertino e 63 no turno noturno, em 2015. "O Colégio Modelo, assim como o tradicional Celestina Bittencourt continuarão atendendo à população de Ipiaú no turno matutino, conforme escolheu a maioria dos estudantes e suas famílias", ressalta Eliana Carvalho, explicando que o Colégio Estadual de Ipiaú, por contar com maior estrutura, vai abrigar os estudantes dos turnos vespertino e noturno desses dois colégios.

Essa decisão é resultado de um estudo minucioso realizado pela Secretaria da Educação do Estado, considerando a frequencia nos últimos cinco anos, a capacidade de atendimento das escolas públicas, a dinâmica do município e os resultados alcançados, tendo como prioridade garantir o direito de aprender de todos os estudantes.