terça-feira

Câmara aprova pedido de cassação da prefeita de Jequié

Prefeita Tânia Britto (Foto:Reprodução) 

A Câmara de Vereadores de Jequié acatou por unanimidade (19 votos) na sessão desta terça-feira (1º/12), a denúncia por infração político-administrativa, contra a prefeita  Tânia Britto, requerida e encaminhada à mesa diretora do legislativo pelo cidadão Rafael Pereira dos Santos. O processo pode cassar o mandato da gestora. O autor fundamentou a denúncia na Ação civil Pública ajuizada pelo Ministério Público do Estado, “diante da patente omissão e negligência com a Educação do município que vai desde as irregularidades na contratação de professores até a falta de pagamento da empresa responsável pelo transporte escolar, passando, principalmente, pelo ilegal e irrecuperável retardo no início do ano letivo […] os prejuízos causados pela denunciada aos alunos do município e ao erário público são imensuráveis”.  Após anunciado o resultado da votação nominal, o presidente Eliezer Pereira Filho “Fiim” (Pdt), procedeu o sorteio da comissão processante, que será formada pelos vereadores Chico de Alfredo (PDT), Tinho (PV) e Beto de Lalá (PSB), que se reunirão a partir de quarta-feira (2), para elegerem o presidente e o relator dos trabalhos que deverão ser desenvolvidos num prazo máximo de 90 dias, sob pena de arquivamento do processo. *Jequié Repórter

Nenhum comentário: