quinta-feira

Justiça quebra sigilo de filho de Lula e de ex-ministro

Os pedidos foram feitos pela Receita Federal e MPF 

A Justiça Federal autorizou a quebra dos sigilos bancário e fiscal de Luís Cláudio Lula da Silva, filho do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, e de sua empresa LFT Marketing Esportivo. A decisão da 10ª Vara Federal de Brasília, que abrange o período de 2009 a 2015, também alcança o ex-ministro e ex-chefe de gabinete de Lula, Gilberto Carvalho e a CAOA, que fabrica os veículos Hyundai no Brasil, entre outros.Os pedidos foram feitos pela Receita Federal e Ministério Público Federal que investigam o suposto envolvimento dos dois em esquema de compra de medidas provisórias editadas nos governo Lula e Dilma Rousseff no âmbito da Operação Zelotes. A empresa de Luís Claudio recebeu R$ 2,5 milhões do escritório de consultoria Marcondes & Mautoni, o mesmo contratado por montadoras de veículos para fazer lobby pela edição das normas que estenderam benefícios fiscais que as beneficiaram. (Uol)

Nenhum comentário: