quinta-feira

Mãe denuncia envenenamento de filho trabalhador rural em Barra do Rocha


Dona Alaíde, mãe de um jovem trabalhador rural está denunciando situação grave por que passa seu filho após ser envenenado ao trabalhar sem proteção com agrotóxicos. "Ele não consegue nem pegar no talher para se alimentar porque suas mãos estão todas feridas. Seu corpo está todo se decompondo. A gente fica escondendo os espelhos para ele não se olhar porque sempre ameaça se matar. Estou vendo meu filho se acabando aos poucos e não sei mais o que fazer. Ele não consegue dormir de noite, gritando de dor", disse, emocionada.  

Ricardo da Silva dos Santos, 26 anos de idade, teria sido demitido da fazenda de um cacauicultor da região logo após apresentar os sintomas de envenenamento, sem receber qualquer tipo de socorro. Após percorrer hospitais da região, Dona Alaíde pede ajuda para que ele possa receber tratamento de alta complexidade em uma cidade de grande porte, já que não estaria recebendo qualquer tipo de ajuda por parte dos ex-patrões do seu filho. Ricardo é arrimo de família e sua mãe está sobrevivendo da caridade de amigos para custear suas despesas, além do apoio básico do poder público municipal de Barra do Rocha.  

O telefone de contato de Dona Alaide para quem quiser ajudar: (73) 98899 9811  (Ipíaú on Line)

Nenhum comentário: