domingo

Conheça a trajetória do pastor acusado de homicídios em Conquista

Pr. Edmar é acusado de matar uma pastora e a sobrinha dela em Conquista. 
*Por Celino Souza/Jornalista

O que fazem três homens sentados em volta de uma mesa de bar no bairro Guarani, na noite de terça-feira (19), em Vitória da Conquista? Mais uma noite de bebedeira? Não só isso: eles são ‘evangélicos’ acertando os detalhes finais de um crime brutal de repercussão nacional. Na mesa, o pastor Edmar Silva Brito, 37, o ex-pastor Fábio de Jesus Santos, 34, e o amigo e vigilante ilegal, Adriano Silva dos Santos, de 36 anos. Leia na íntegra. Junto, o trio tinha a missão de “dar um susto” no casal de pastores desafetos, Carlos Eduardo de Souza, 50, e Marcilene Oliveira Sampaio Souza, 38. Mas a vingança, originada no fato de o casal ter rompido com a igreja de Edmar, há mais de cinco anos, e constituído outra congregação, foi muito mais além, atingindo a prima de Marcilene, Ana Cristina Santos Sampaio, 36. “Edmar disse que tinha mudado de ideia e ia matar as duas para não deixar testemunhas”, revelou Adriano, que trabalhava armado como vigilante sem ter licença para porte de arma. (ler artigo completo)

Nenhum comentário: