terça-feira

PM entrega filho após jovem agredir policial em protesto

Vítima do jovem foi o soldado Eduardo Firmino de Sá, do SI da PM 

Um policial militar, pai de um adolescente de 17 anos, apresentou o filho na delegacia na segunda-feira, 11, depois de assistir a um vídeo em que o jovem, juntamente com um grupo de manifestantes, aparece espancando um PM à paisana durante os protestos contra o aumento da tarifa de ônibus na sexta-feira, 8. O agressor foi encaminhado à Fundação Casa. A vítima do jovem foi o soldado Eduardo Firmino de Sá, do Serviço de Inteligência da PM, que estava à paisana no protesto, mas acabou descoberto ao tentar prender um manifestante. Após ser agredido por cerca de quatro minutos, ele foi resgatado por policiais fardados. O vídeo circula nas redes sociais. Segundo a Polícia Civil, outro rapaz, Rodrigo Bernardes de Souza, de 28 anos, foi preso em flagrante porque teria roubado o celular de Sá durante as agressões. Ele estaria tentando tirar a mochila do soldado quando foi detido por outros PMs. Policiais do Decap, departamento responsável pelas delegacias da capital, tentam identificar as outras pessoas que participaram do espancamento do agente. (A Tarde)

Nenhum comentário: