segunda-feira

Equipe da Coelba é feita refém em assentamento indígena em São Desidério


Uma equipe da Coelba foi retida na manhã desta sexta-feira (12) em um assentamento indígena Kariri, na BR-135, em São Desidério, no oeste baiano, situado provisoriamente em um terreno da Empresa Baiana de Desenvolvimento Agrícola (EBDA). Segundo informações da Polícia Rodoviária Federal (PRF), os agentes foram acionados e receberam a informação de que a equipe havia sido feita refém até que a energia elétrica do assentamento, cujo fornecimento havia sido interrompido por corte, fosse reestabelecida.   

Ao chegar no local, a PRF encontrou uma equipe da Rondesp já realizando as negociações. Os indígenas, porém, exigiam a presença de uma força federal. O cacique da tribo afirmou aos policiais que o ato foi realizado também para chamar a atenção das autoridades às condições precárias nas quais eles estão vivendo, já que estão instalado no local improvisado há cinco anos. Após a negociação, o fornecimento de energia foi normalizado e a equipe da Coelba foi liberada. *Bahia Notícias

Nenhum comentário: