terça-feira

Polícia oferece R$ 10 mil para quem informar paradeiro de suspeito de matar criança em Petrolina

Retrato falado do suspeito de matar garota Beatriz, em Petrolina (Foto: Thays Estarque/G1) 

O homem apontado como suspeito de matar a menina Beatriz Angélica Mota, 7 anos, foi visto em atitude suspeita em um dos banheiros da escola na noite do crime, em Petrolina (PE). Segundo Marceone Ferreira Jacinto, quinto delegado à frente do caso, testemunhas presenciaram o homem, ainda não identificado, lavando o rosto e os cabelos. Um retrato falado foi divulgado nesta segunda-feira (22). Segundo o portal NE10, o homem também foi visto durante muito tempo perto bebedouro, região indicada pela família e amigos como último local onde a garota foi vista. Vinte minutos depois ela foi encontrada dentro de um depósito morta por golpes de faca de cozinha. Até agora, ninguém da família de Beatriz reconheceu a pessoa do retrato falado. O perfil do assassino foi construído com base em depoimentos de três testemunhas - uma delas é a própria mãe da menina, Lúcia Mota. De acordo com a investigação da polícia, o suspeito é homem, moreno, tem cerca de 1,70 m e pesa aproximadamente 70 quilos. O homem também aparenta ter cabelos cacheados e olhos fundos. *Informações do Correio24h

Nenhum comentário: