segunda-feira

Ubatã: Em greve por Piso, professores realizam manifestação

Manifestação é realizada em frente à Jornada Pedagógica (Foto: Ubatã Notícias) 

Cerca de 70 professores da rede municipal de educação realizaram, na manhã desta segunda-feira (15), uma manifestação que percorreu algumas das principais ruas do município. Os educadores estão em greve desde a última sexta-feira (12), quando, em Assembleia, decidiram pela paralisação. Os profissionais exigem o pagamento do Piso Nacional do Magistério, que atualmente corresponde R$ 2.135,64. Com cartazes, apito e carro de som, os profissionais pararam em frente à Prefeitura de Ubatã e também ao Salão Nobre da Igreja Batista, onde era realizada a Jornada Pedagógica. Em discurso, a Diretora da APLB/Sindicato ressaltou a legalidade da greve e lamentou a não adesão de diversos profissionais, que inclusive comparecem à Jornada Pedagógica. Em entrevista também na manhã desta segunda a Rádio Povo, a prefeita Siméia Queiroz (PSB) destacou que a gestão municipal está aberto ao diálogo com a APLB. (Ubatã Notícias)

Nenhum comentário: