quarta-feira

César Borges deixa vice-presidência do Banco do Brasil


O ex-governador e senador César Borges pediu afastamento do cargo de vice-presidente de infraestrutura do Banco do Brasil, que vinha exercendo desde 2015, nesta quarta-feira (2). Ele, que esteve a frente do Ministério dos Transportes e de Portos no primeiro mandato da presidente Dilma, e também da Vice-Presidência de Governo do Banco do Brasil, dá por encerrada a sua participação em Brasília. Especula-se que o desgaste que o governo vem sofrendo a cada dia, aliado à confusa coordenação política sejam as causas do afastamento. Considerado um dos ministros dos Transportes mais eficientes do governo, o ex-ministro, entretanto, não agradou o seu partido de então, o PR. Hoje sem partido, César deve retornar para a Bahia, onde retomará suas atividades no setor privado e na política.  (BN)

Nenhum comentário: