quinta-feira

Itabuna: Suspeito de estuprar filha em vídeo que circulou no WhatsApp é morto

Ordem de execução teria partido de dentro do Presídio de Itabuna 

Um homem suspeito de estuprar a filha de quatro anos foi morto a tiros na tarde de terça-feira (1°), na cidade de Itabuna. De acordo com a Polícia Civil, ele havia sido denunciado pela mãe da criança após um vídeo em que ele supostamente estuprava a filha circular na cidade pelo aplicativo de mensagens WhatsApp. O titular da Delegacia de Homicídios de Itabuna, Marlos Macedo, disse ao G1 que Rodrigo José Silva, conhecido como “Rodrigo Gago”, foi baleado com vários tiros no bairro Nova Ferradas e levado para o Hospital Base de Itabuna, onde morreu. “Seis indivíduos são suspeitos. O indicativo é de que a ordem de matar veio de detentos do presídio de Itabuna”, informa o delegado. A polícia ainda realiza buscas pelos suspeitos. Ainda segundo o delegado, no vídeo em que o homem supostamente estupra a filha, o rosto do suspeito não aparece nas imagens, mas ainda assim a mãe conseguiu reconhecer o pai da vítima. A denúncia de estupro foi feita à Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher (DEAM) da cidade. (G1)

Nenhum comentário: