quinta-feira

Ministério Público de SP denuncia Lula por lavagem de dinheiro e falsidade ideológica

Ex-presidente foi denunciado pelo MP-SP 

O Ministério Público de São Paulo apresentou nesta quarta-feira (9) à Justiça denúncia contra o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva no caso do tríplex em Guarujá, no litoral paulista. O petista é acusado de ocultação de patrimônio, uma modalidade do crime de lavagem de dinheiro, e falsidade ideológica. Também foram denunciados Marisa Letícia, mulher de Lula, e um dos filhos do casal, Fábio Luís Lula da Silva. A mulher e o filho são acusados de lavagem de dinheiro. Ao todo, são 16 os acusados, entre os quais executivos e funcionários da empreiteira OAS e ex-integrantes da Bancoop, como João Vaccari Neto, denunciado por estelionato. Bancoop era a cooperativa habitacional do Sindicato dos Bancários de São Paulo. Ex-tesoureiro do PT, Vaccari já foi condenado a 15 anos de prisão em um dos quatro processos em que é réu na Operação Lava Jato, sob acusação de ter intermediado pagamento de propina para o PT. A OAS assumiu as obras do condomínio Solaris, onde fica o tríplex, na praia de Astúrias, em 2009, logo após a Bancoop entrar em crise financeira. Lula é acusado de falsidade ideológica porque, na visão dos investigadores, seria o verdadeiro dono do imóvel, apesar de o tríplex aparecer na documentação como propriedade da OAS.Se a acusação for aceita pela Justiça, Lula passa a ser réu numa ação criminal. *Informações da Folha de São Paulo.

Nenhum comentário: