sexta-feira

Wagner alerta Dilma que governo nunca esteve tão ameaçado

Foto:Reprodução 

Em reunião na manhã dessa quinta-feira (10) com a presidente Dilma Rousseff, o ministro da Casa Civil, Jaques Wagner, foi taxativo: nunca antes na história o seu governo esteve tão ameaçado quanto agora. Segundo aliados muito próximos ao petista, Wagner alertou a chefe de que será preciso redobrar os esforços para evitar uma debandada de partidos da base.Sobretudo se as ruas falarem alto no domingo, como preveem integrantes do alto escalão do Planalto e políticos da oposição. Avisou também de que ela não contasse mais com o PMDB. Este, informou o ministro, decidiu cortar os laços com o PT nos próximos dias e só um milagre é capaz de reverter a tendência. Com os líderes petistas certos de que a queda de Dilma é praticamente irreversível, a última cartada virá por meio da militância e movimentos sociais no Brasil.

Nenhum comentário: