sexta-feira

Oposição ameaça retaliação se PP aceitar cargos para salvar Dilma, diz coluna


O PP estará na mira da oposição se aceitar apoiar a presidente Dilma Rousseff (PT) em troca de cargos no governo. A retaliação dos deputados será àqueles que aceitarem os cargos e dos investigados do partido na Operação Lava Jato, protocolando representações e pedindo a cassação dos mandatos no Conselho de Ética da Câmara, de acordo com a coluna Radar Online, de Veja. A ameaça surge quando o PP passa a ser cotado para o Ministério da Saúde, já que a permanência do atual ministro, Marcelo Castro, está vinculada ao apoio do líder do PMDB na Câmara, Leonardo Picciani (RJ) - hesitante em se manter ao lado de Dilma. O deputado Ricardo Barros (PR) é cotado para assumir a pasta. O PP possui alguns membros investigados na Operação Lava Jato, entre eles o presidente nacional, senador Ciro Nogueira (PI).

Nenhum comentário: