sábado

Delação da Odebrecht envolve mais de cem políticos

Empreiteira teria relação com 100 políticos beneficiados com propina 

As negociações para delação premiada dos executivos da Odebrecth evoluíram, segundo o blog do jornalista Lauro Jardim, d´O Globo. A serem confirmadas informações de que, pelo menos, cem políticos serão dedurados pela maior empreiteira do país antes do escândalo da Lava Jato. Dentre os nomes, de acordo com Jardim, estão governadores e ex-governadores, a exemplo de Sérgio Cabral e Luiz Pezão, ambos do PMDB do Rio de Janeiro, o mineiro Fernando Pimentel, do PT, e o paulista Geraldo Alckmin, do PSDB. Os depoimentos dos executivos estão programados para começar hoje. De acordo com o Ministério Público Federal, a evolução nas negociações em torno da delação premiada ocorreu depois que técnicos da empreiteira informaram a recuperação de arquivos do Setor de Operações Estruturadas da Odebrecht. O setor, conforme investigações, seria o destinado a pagar propina a pedido de outras áreas da empresa. (Pimenta)

Nenhum comentário: