sexta-feira

Boxeador marroquino é preso na Vila Olímpica acusado de assédio sexual

Foto: Reprodução 

A polícia do Rio de Janeiro prendeu na manhã desta sexta-feira (5), o lutador de boxe Hassan Saada, do Marrocos. O atleta de 22 anos é acusado de assediar sexualmente duas camareiras da Vila Olímpica e teve sua ordem de prisão expedida pela juíza Larissa Nunes Saly, do Juizado do Torcedor e Grandes Eventos. Segundo informações da polícia, o fato aconteceu na última terça (2) onde Saada atacou as duas camareiras. No primeiro caso, convidou uma delas para tirar uma foto e a encostou na parede, pressionando-a com as coxas para tentar beija-la. Na outra ocasião, o mesmo boxeador apertou o peito de uma segunda camareira e pediu para que ela o masturbasse em troca de dinheiro. Detido pela polícia, o atleta foi indiciado no artigo 213 do código penal e levado para a 42ª DP.

Nenhum comentário: