quarta-feira

Cunha prepara dossiê sobre como ajudou aliados políticos em caso de delação

Eduardo Cunha, ex-presidente da Câmara (Foto: Agência Brasil)

Prestes a ser julgado no plenário da Câmara, o deputado afastado Eduardo Cunha (PMDB-RJ) prepara um levantamento aprofundado sobre como ajudou seus aliados nos últimos anos. De acordo com o jornal Estado de S. Paulo, o objetivo é consolidar o material para uma eventual delação premiada na Justiça. Deputados relataram que o peemedebista vem coletando informações sobre financiamento de campanhas eleitorais. Cunha produziu uma “pilha” de documentos com dados sobre distribuição de cargos e empréstimos. Procurada pelo jornal, a assessoria de imprensa do parlamentar negou que ele esteja organizando documentos para delação. O peemedebista deve esperar algumas semanas e aguardar o resultado da votação da cassação no plenário para depois decidir se vai aderir à delação. A expectativa é de que o processo por quebra de decoro parlamentar seja analisado ainda neste mês na Câmara. Grupos ligados a Cunha dizem não ver saída para ele e acham que a cassação deve ser aprovada por ampla maioria. Deputados próximos defendem que Cunha renuncie ao mandato para demonstrar disposição de negociar com a Procuradoria-Geral da República (PGR). (Folha)

Nenhum comentário: