domingo

Drauzio Varella cita ponto positivo da PEC 241 para o sistema de saúde brasileiro

Foto: Divulgação  

O médico Drauzio Varella defendeu a Proposta de Emenda Constitucional (PEC) 241 na saúde, ao participar de um evento, na última sexta-feira (3), que discutia os impactos da emenda. Para ele, limitar os gastos no país pode forçar o poder público a analisar melhor onde investir. “Saúde não é questão exclusiva de dinheiro e investimento. Claro que isso é importante, mas não é a única coisa. A situação atual é gravíssima e o SUS, da forma como se encontra, é inviável, assim como a saúde suplementar. Ou passamos a investir em prevenção, ou teremos problemas gravíssimos”, ressaltou. O médico não explicitou ser a favor da PEC, mas criticou a atual gestão dos investimentos na saúde e destacou a necessidade de mudança nas ações do governo para o setor. “O SUS não será defendido com ideologia, mas sim com medidas práticas”, completou. Apesar de destacar um lado positivo da medida, ele mostrou-se receoso com as consequências do limite de gastos.

Nenhum comentário: