sexta-feira

Mulher é presa e adolescente apreendido suspeitos de matar professores na Bahia

Alan Militão (sem camisa) teria sido o mentor e foi morto na última terça. 

Gleice da Costa Anjos, de 19 anos, foi presa e um adolescente de 17 anos apreendido na manhã desta quinta-feira, 8, depois de uma denúncia anônima na cidade de Santaluz (distante 301 quilômetros de Salvador). De acordo com informações do site Notícias de Santaluz, eles estariam envolvidos na morte dos professores Edivaldo Silva de Oliveira, 32 anos - também conhecido como "Nino" -, e de Jeovan Bandeira, 39. O crime aconteceu em 10 de junho deste ano. Ainda segundo o site, a dupla teria confessado o crime e apontado outro homem, identificado por Alan Militão Pires, como o mentor do crime. Alan foi morto na última terça, 6, após deixar a delegacia da cidade de Valente (distante 265 quilômetros de Salvador), onde cumpria pena por tráfico de drogas.   
Os professores foram encontrados presos no dentro do porta-malas (Foto: Reprodução | Site Santaluz)

Os corpos dos professores Edivaldo Silva de Oliveira, de 32 anos, e de Jeovan Bandeira, de 39 anos, foram encontrados carbonizados dentro do porta-malas de um carro que teria sido incendiado. O crime aconteceu na noite de 10 de junho, na BA-120 em Santaluz, próximo do município de Queimadas. Os criminosos teriam sequestrado os professores, e pretendiam seguir para Queimadas, mas acabaram se envolvendo em um acidente, capotando o carro. Para simular um incêndio e despistar as investigações, atearam fogo no veículo, com os professores ainda no porta-malas. *A Tarde

Nenhum comentário: