domingo

Políticos baianos receberam doação de empresas usadas para escoar propina

Jutahy, Arthur Maia, Bebeto e Leur Lomanto Jr. teriam recebido as doações. 

Usadas para escoar propina da Odebrecht, de acordo com novas revelações das delações premiadas da multinacional, as empresas Praiamar e Lyros Caxias fizeram doações para quatro políticos baianos em 2010. As doações foram confirmadas através de dados do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Naquele ano, a Lyroz Caxias fez as doações mais vultosas para os baianos. Bebeto Galvão (PSB) e Arthur Maia (PPS) receberam os maiores valores declarados: R$ 40 mil. Jutahy Júnior, do PSDB, declarou ter recebido R$ 24 mil. O deputado estadual, Leur Lomanto Jr. recebeu, segundo o TSE, R$ 16 mil. Ainda em 2010, a Praiamar foi responsável por bancar em R$ 30 mil as campanhas dos parlamentares. Arthur Maia e Bebeto, mais uma vez, receberam os maiores repasses: R$ 10 mil cada. O tucano Jutahy Júnior foi recebedor de R$ 6 mil e Leur Lomanto Jr. viu cair na sua conta de campanha R$ 4 mil.

Nenhum comentário: