sexta-feira

‘Não aguento ver passar fome’, escreve mãe ao abandonar filhos em quintal


Uma menina de três anos e um menino de um ano e meio foram encontrados abandonados no quintal de uma casa em Camboriú, no Litoral Norte catarinense. Além das crianças, uma carta explicava o motivo pelo qual os dois irmãos foram abandonados. “Por favor, chame o Conselho Tutelar. Não aguento mais ver meus filhos passar fome”, dizia.  Relatos dados à polícia indicam que a mãe da criança teria aberto o portão de uma casa para deixar os filhos. Também havia mamadeiras, fraldas, certidão de nascimento, carteira de vacinação e encaminhamentos médicos – o menino seria epiléptico. Com a situação, família que encontrou os dois irmãos acionou a Polícia Militar. Segundo o conselheiro tutelar Diego Raphael Rocha Pereira, as crianças estavam sujas e tinham piolhos, mas sem sinais de agressões. Com os documentos deixados, os familiares das crianças, que têm pais diferentes, foram encontrados. Eles, assim como a mãe, têm passagens por furto e tráfico de drogas. A mulher vai responder por abandono de incapaz. Ela já havia pedido auxílio para cuidar dos filhos. As crianças foram levadas para um abrigo e deverão ser encaminhadas para adoção. Entretanto, o processo é democrático e deve demorar pelo menos 6 meses.  G1

Nenhum comentário: