domingo

Aneel admite cobrança indevida de R$ 1,8 bilhão nas contas de luz de 2016

Obras na usina de Angra 3 (Foto: Reprodução/TV Globo) 

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) reconheceu nesta sexta-feira (10) que fez cobranças indevidas nas contas de luz em 2016 que somam R$ 1,8 bilhão. Uma reportagem do Jornal Hoje, da TV Globo, aponta que os consumidores brasileiros pagaram ao longo do ano passado pelas projeções de custos de encargos operacionais da usina de Angra 3, no Rio de Janeiro, que ainda não está em operação. A previsão era que ela começaria a funcionar em janeiro de 2016, mas as obras no empreendimento atrasaram e não há estimativa de quando o serviço será concluído. Mesmo assim, encargos operacionais da usina nuclear foram cobrados nas contas de luz de todo o país. De acordo com a Aneel, os valores pagos indevidamente serão devolvidos aos consumidores por meio de reajustes menores nas tarifas de energia elétrica. A Agência estima que os reajustes devem ficar até 1,2% menores para compensar o erro. (Bahia Notícias)

Nenhum comentário: