quarta-feira

Vereadores aprovam redução de licença-maternidade em Brumado

Moradores de Brumado protestaram contra projeto (Foto: Divulgação)

Sob protestos de moradores de Brumado, que lotaram a Câmara Municipal da cidade, os vereadores aprovaram dois projetos polêmicos em sessão realizada na segunda-feira (13). Um deles reduz a licença-maternidade de servidoras municipais de 180 para 120 dias. O outro suspende cargos públicos como auxiliar de manutenção, serviços gerais, motoristas e guardas municipais.Os manifestantes vaiaram os membros do Legislativo e jogaram notas falsas de dinheiro durante a sessão. As matérias, que foram enviadas pela prefeitura da cidade, já haviam sido aprovadas em primeiro turno na segunda-feira passada, também com manifestação dos moradores. “Nós elegemos eles para defender o povo e não para ir contra o povo”, disse a a agente de saúde Eliana dos Santos. Para o vereador José Ribeiro Neves (PT), da oposição, a Câmara retirou direitos trabalhistas.”É um verdadeiro absurdo, não respeitando direitos da nossa população adquiridos por eles, das pessoas que fizeram concurso nesse projeto que extingue os cargos do município”, afirmou. (G1)

Nenhum comentário: