quarta-feira

Wagner acha que Neto é carta fora do baralho para 2018



Ex-governador e secretário estadual de Desenvolvimento Econômico, Jaques Wagner Interlocutores do ex-governador e secretário estadual de Desenvolvimento Econômico, Jaques Wagner (PT), têm ficado intrigados com um termo que ele passou a usar para se referir ao prefeito de Salvador, ACM Neto (DEM). Para o petista, definitivamente o prefeito deixou de ser uma ameaça, em 2018, à reeleição do governador Rui Costa (PT), de quem o secretário se transformou em articulador político informal. Wagner garante que sua tese ficará mais clara à medida que a sucessão estadual se aproxime.

Nenhum comentário: