quinta-feira

Defesa de Temer quer retirar depoimentos da Odebrecht para vencer processo

Adicionar legenda


A defesa de Michel Temer aposta na retirada dos depoimentos da Odebrecht como estratégia para vencer o processo que tramita no Tribunal Superior Eleitoral (TSE). A equipe do peemedebista deverá alegar que a ação proposta pelo PSDB no fim de 2014 fugiu do seu escopo inicial ao admitir os depoimentos de executivos da empresa, que confessam ter financiado ilegalmente a campanha de Dilma Rousseff e Michel Temer naquele ano. A estratégia dos advogados é dizer que a acusação versava apenas sobre o desvio de dinheiro da Petrobras para a campanha da chapa e não haveria ligação clara entre a estatal e os pagamentos feitos aos publicitários. A informação é da Folha de S.Paulo, segundo a qual os advogados deixarão os pedidos de convocação de novas testemunhas como uma carta na manga. Caso avaliem que o placar está desfavorável para a dupla, o recurso será usado para arrastar o julgamento. As defesas de Dilma e Temer acreditam também que as convocações de João Santana e Mônica Moura tornarão a situação da chapa ainda pior, caso o escopo não se restrinja ao inicial. (Estadão)

Nenhum comentário: