quarta-feira

Greve Geral: Rodoviários, bancários e professores anunciam paralisação de 24h na sexta

Em Salvador, rodoviários vão garantir efetivo de 30% nas ruas, segundo sindicado.

Centrais sindicais estão anunciando uma greve geral em todo país na próxima sexta-feira, 28, contra as reformas propostas pelo presidente Michel Temer (PMDB), principalmente a previdenciária. Em Salvador, algumas categorias já confirmaram a participação no movimento, como os rodoviários e os bancários, que vão parar por 24 horas.  

De acordo com o Fábio Primo, vice-presidente do Sindicato dos Rodoviários, a categoria definiu em assembleia nesta segunda, 24, que a paralisação começará a partir da 0h do dia 28. A intenção é que os trabalhadores cruzem os braços por 24h. “A orientação nacional é de greve durante toda a sexta, mas seguindo as normas da lei de greve. Por isso, teremos apenas 30% do efetivo transitando pela cidade”, explicou Primo.  

Os professores da rede pública municipal e estadual também vão participar da mobilização, segundo Marilene Betros, coordenadora da APLB. Assim como fizeram no dia 15 de março, os docentes das escolas particulares devem seguir ao lado dos colegas da rede pública. (A Tarde)

Nenhum comentário: