terça-feira

Padilha gerencia propina desde o governo de FHC, acusam delatores da Odebrecht

Padinha é Ministro Chefe da Casa Civil (Foto: Divulgação)

Atual ministro da Casa Civil, Eliseu Padilha é acusado de pedir, receber e gerenciar propinas e caixa dois desde o governo de Fernando Henrique Cardoso (PSDB), iniciado em 1995, passando pelas gestões do PT de Luiz Inácio Lula da Silva (2003-2010) e de Dilma Rousseff (2011-2016). Os delatores da Odebrecht apontam que durante todo esse período, o peemedebista foi encarregado de arrecadar ao menos R$ 11,5 milhões da empreiteira, segundo informações da Folha de S. Paulo. O chefe da Casa Civil é citado por pelo menos seis executivos da empresa como um nome de destaque no esquema de corrupção. As acusações abrangem as obras da Eclusa Lajeado, no Tocantins, na Trensurb, ferrovia do Rio Grande do Sul, e no aeroporto do Galeão, no Rio de Janeiro. De acordo com os depoimentos, como contrapartida,  Padilha colaborava com licitações em favor da Odebrecht. Assim, o atual ministro é alvo de dois inquéritos abertos pelo Supremo Tribunal Federal (STF). (Bahia Notícias)

Nenhum comentário: