terça-feira

Temer vai condicionar liberação de emendas a votos em reforma da Previdência

Temer quer aprovar reforma da Previdência (Foto: Divulgação)

Em reunião com ministros, o presidente Michel Temer vai informar, ao meio-dia desta segunda-feira (8), que haverá liberação de emedas parlamentares em troca de apoio para votar a reforma da Previdência na Câmara dos Deputados. De acordo com Lauro Jardim, três ministros foram informados que suas pastas terão verbas de emendas:  Helder Barbalho (Integração Nacional), Bruno Araújo (Cidades) e Ricardo Barros (Saúde). O governo busca uma folga para colocar o polêmico projeto em votação no plenário. Na última quarta (3), a Comissão Especial que analisa o projeto aprovou por 23 votos a favor e 14 contra o texto-base do relator Arthur Maia (PPS-BA), porém suspendeu a votação dos complementos da reforma após protestos de agentes penitenciários. (Bahia Notícias)

Nenhum comentário: