terça-feira

Conquista: Ato que retira mais de 400 corpos de cemitério gera revolta de moradores

(Foto ilustrativa) 

O anúncio da retirada de mais de 400 corpos de um cemitério de Vitória da Conquista tem revoltado moradores, principalmente católicos da cidade. Conforme o UOL, as exumações devem começar em 19 de julho, e os restos mortais serão levados para um ossário, construído por mais de R$ 167 mil. Contrários à medida, moradores do bairro Kadija, onde o cemitério está localizado, fizeram um abaixo-assinado para evitar as exumações. A justificativa da prefeitura é que o cemitério está superlotado, e quase não há mais lugar para cavar túmulos. O cemitério em questão abriga, na maioria, corpos de pessoas de baixa renda. Atualmente, o local tem apenas 91 covas disponíveis, 54 para o sexo masculino e 37, para o feminino. As vagas, diz a prefeitura, “só atendem a necessidade do serviço por um período de, aproximadamente, 60 dias”. Ainda segundo a gestão local, a remoção está prevista no Código de Posturas do Município, nas leis que administram cemitérios públicos. Os primeiros corpos a serem exumados serão das pessoas que faleceram entre outubro de 1990 e julho de 1992.  UOL Notícias

Nenhum comentário: