terça-feira

Preso em operação contra jogo da Baleia Azul confessou ter feito pelo menos 30 vítimas

Jovem preso no RJ confessou ter feito pelo menos 30 vítimas. Foto: Divulgação

Uma operação realizada na manhã desta terça-feira (18) por policiais civis em nove estados brasileiros tem como alvo suspeitos de envolvimento com o jogo “Baleia Azul”, praticado em comunidades fechadas em redes sociais como Facebook. O objetivo do jogo, do qual participam geralmente adolescentes, é cumprirem 50 tarefas determinadas pelos “curadores” – o último desafio a ser cumprido é o suicídio. A operação Aquarius, como foi batizada, cumpre mandados em 20 municípios e é coordenada pela Delegacia de Repressão aos Crimes de Informática da Polícia Civil fluminense. Um jovem foi preso na favela de Nova Era, em Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense: Matheus Silva, 23 anos, confessou aos policiais ser curador do jogo e disse ter feito pelo menos 30 vítimas. Os agentes também apreenderam telefones celulares e computadores de suspeitos. As ordens judiciais são cumpridos nos estados: Amazonas, Minas Gerais, Pará, Paraíba, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, São Paulo e Sergipe.

Nenhum comentário: