quinta-feira

Estimativa do IGBE 2017 aponta pequena redução populacional em Barra do Rocha

Barra do Rocha apresentou redução populacional segundo IGBE

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) divulgou nesta quarta-feira (30) a estimativa populacional brasileira, onde observa-se que, de 2016 para 2017, quase um quarto dos municípios (24,746%) do país tiveram redução de população. Dos 5.570 municípios brasileiros, 1.378 tiveram redução populacional, destes, os municípios com até 20 mil habitantes apresentou a maior proporção dos que tiveram redução populacional (32,5% ou 1.236 municípios). Na Bahia, estima-se que 135 de 417 cidades baianas tiveram redução na estimativa de população.

O município de São Paulo continua sendo o mais populoso do país, com 12,1 milhões de habitantes, seguido pelo Rio de Janeiro 6.520.266, Brasília e Salvador – cerca de 3,0 milhões de habitantes cada. O município de Barra do Rocha registrou estimativa de 6.258 habitantes, uma redução de 80 (oitenta) pessoas quando comparado com 2016 (6.338). Conforme informações do IBGE, esta estimativa é feita anualmente a pedido do Tribunal de Contas da União (TCU), servido como base para o repasse de recursos aos municípios, algo bastante preocupante.  

DADOS POPULACIONAIS DO MÉDIO RIO DE CONTAS 

De acordo com os dados divulgados pelo IBGE, esta é a população estimada dos municípios pertencentes ao Médio Rio de Contas: Aiquara continua menos populosa com estimada em 4.725 habitantes; Apuarema (7.730); Barra do Rocha (6.258); Boa Nova (14.069); Dário Meira (11.716); Gongogi (7.848); Ibirataia (17.221); Ipiaú (47.606); Itagi (13.199); Itagibá (15.577); Itamari (8.476); Jequié (162.209); Jitaúna (12.692); Manoel Vitorino (14.251); Nova Ibiá (6.986); Ubatã (27.527). (BR News)

Nenhum comentário: