quinta-feira

Região: Dr. Marcos Antonio Conrado aborda sobre fase "pente fino" do INSS em entrevista à TV Record

Durante entrevista, Dr. Marcos Antonio alerta sobre necessidade de remarcação de perícia daqueles que tiveram seus benefícios cancelados (Foto: Reprodução)

Em mais uma fase do “pente fino” nos benefícios por incapacidade (Auxílio Doença/Aposentadoria Por Invalidez), no dia 01.08.2017 foi publicado no Diário Oficial da União o nome de mais de 55 mil pessoas de todo Brasil que terão apenas cinco dias para entrar em contato com o INSS para agendar uma nova perícia. Se não fizer no prazo estipulado, o benefício será suspenso. Trata-se de pessoas que por algum motivo o INSS não consegui entrar em contato, seja por inconsistência no endereço ou por outro motivo. 

Diante do exposto, o Dr. Marcos Antonio Conrado, da Conrado Advocacia, em entrevista à TV Record trouxe informações importantes sobre as providâncias a ser tomadas por aqueles que passarão por avaliação em seus respectivos nos benefícios por incapacidade (Auxílio Doença/Aposentadoria Por Invalidez). “Todos os beneficiários citados devem se atentar para os prazos e remarcar suas perícias para que sejam provadas junto ao INSS sua necessidade quanto ao recebimento do beneficio, ou caso contrário, o órgão considerará aptidão para o retorno do trabalho,” destacou Conrado.  

Segundo o Ministério do Desenvolvimento Social, cerca de 200 mil benefícios de segurados que recebiam o auxílio-doença passaram por auditoria e 160 mil tiveram seus auxílios-doença cancelados. Na Bahia, foram convocados um total de 4.693 beneficiários de auxílio-doença. Em tempo, Dr. Marcos é coordenador do escritório Conrado Advocacia, localizado à Praça Virgílio Damásio, altura da Rua Castro Alves, no centro de Ipiaú. (BR News)

Nenhum comentário: