quinta-feira

Cármen Lúcia nega pedido da defesa e mantém Paulo Maluf na prisão

Maluf foi condenado a pena de 7 anos e 9 meses de prisão (Foto: Divulgação) 

A ministra Cármen Lúcia, presidente do Supremo Tribunal Federal (STF) manteve a prisão do deputado federal Paulo Maluf (PP-SP). Ela negou um pedido da defesa do parlamentar para suspender a decisão do ministro Edson Fachin, que determinou na terça (19) o cumprimento “imediato” da pena de 7 anos e 9 meses de prisão em uma condenação pelo crime de lavagem de dinheiro. (Bahia Notícias)

Nenhum comentário: