quinta-feira

Itabuna: Prefeito não paga salários de dezembro nem dá previsão


A Prefeitura não tem previsão de quando pagará os salários de dezembro ao funcionalismo. Na manhã de quarta houve protestos no Centro Administrativo Firmino Alves pedindo uma definição da atual gestão. Para a presidente do Sindicato dos Servidores Municipais de Itabuna (Sindserv), Wilmaci Oliveira, os atrasos “tornaram-se uma prática do governo Fernando Gomes”.  De acordo com a sindicalista, há atrasos todos os meses no fornecimento de vales transportes e tíquete alimentação. “No mês passado, houve atraso no pagamento da segunda parcela do 13º salário”.  

Segundo Wilmaci, apenas setores da Educação e da Saúde pagaram salário de dezembro. Em meio ao protesto, os manifestantes foram recebidos pelo sobrinho do prefeito, o secretário Dinailson Oliveira, que prometeu pagar até sexta.  Os servidores ocuparam corredores e tiveram audiência com o secretário no gabinete do prefeito, que passou pelos manifestantes, mas não os recebeu em audiência.   

Fernando se dirigia a uma emissora de TV onde durante entrevista voltou a queixar-se de herança maldita deixada por ex-gestores, embora cumpra o quinto mandato nos últimos 40 anos e seja responsável pela maior parte dos débitos.  

Segundo o prefeito, não há previsão de pagamento do salário. Ele alegou que estava pagando salário dentro do prazo até novembro, quando houve parcelamento de dívidas com INSS e FGTS, com desembolso cerca de R$ 800 mil mensais.  Porém, em dezembro Itabuna recebeu mais de R$ 1,5 milhão de verba extra liberada pelo governo federal. (A Região)

Nenhum comentário: