quarta-feira

PF apreende rifle e R$ 470 mil com chefe de cartório em Conquista

Dinheiro e cheques apreendidos na casa de chefe de cartório preso (Foto: Polícia Federal/Divulgação) 

O homem que, segundo a Polícia Federal, tratava o cartório de 1º Ofício de Registro de Imóveis e Hipotecas de Vitória da Conquista, Sudoeste da Bahia, como “propriedade privada”, e que foi preso numa operação nesta terça-feira (3), tinha escondido em casa um rifle com luneta de mira importada do Paraguai e R$ 470.717. A arma e o dinheiro foram encontrados pela PF durante cumprimento de prisão preventiva e de mandado de busca e apreensão do oficial titular do cartório Antonio Carlos de Jesus Bramont, chefe do esquema criminoso, segundo a polícia. Na casa dele estavam R$ 71.780 em espécie, R$ 390.000 em cheques e US$ 2.700. Também participavam do esquema duas filhas do oficial do cartório: Amanda Bezerra Bramont e Anna Caroline Bezerra de Castro, além da despachante Maria Aparecida de Souza Pereira. Elas foram presas temporariamente (por cinco dias) na operação, e tiveram busca e apreensão em suas residências. Ainda na casa de Bramont, localizada em bairro nobre de Conquista, a polícia encontrou um “cartório” particular que funcionava como uma extensão do 1º Ofício de Registro de Imóveis e Hipotecas. De casa, junto com as filhas, Bramont se sentia livre para cometer atos de corrupção, informa a polícia. CORREIO

Nenhum comentário: