sexta-feira

Mais de 100 animais morrem em 2 dias e suspeita é de intoxicação

Ada apontou que 105 animais morreram em um intervalo de dois dias

Ao menos 105 animais morreram em um intervalo de dois dias em uma fazenda da zona rural de Tanhaçu, no sudoeste da Bahia. De acordo com a Agência de Defesa Agropecuária da Bahia (Adab), intoxicação alimentar é a principal suspeita das mortes. Na terça-feira (13), 60 animais foram encontrados mortos na Fazenda Pica-pau. Desde então, outros animais morreram na mesma localidade. Até a quinta-feira (15), o número chegou a 105. De acordo com a Adab, que investiga a causa das mortes, por conta do período estiagem na região, o gado se alimentava com milho e sementes de algodão. Normalmente, essas são as opções dos criadores para a falta de pastagem em tempos de seca. Os indícios são de que os animais tenham ingerido uma quantidade concentrada e não volumosa, em altas doses de aditivo alimentar, o que teria gerado uma reação intoxicante. Ainda segundo a Adab, até a manhã desta sexta-feira (16), 4 animais foram periciados. A análise nesses animais comprova a tendência da intoxicação. O laudo final da causa das mortes deve sair nos próximos dias. (Estadão)

Nenhum comentário: