quarta-feira

Itabunenses fazem filas de até quatro horas para conseguir água potável em Ilhéus


Com a água da Emasa chegando salgada (quando chega) às residências e com os comerciantes de água mineral achacando os consumidores (o galão de 20 litros chega a custar 9 reais em média, 10 reais em alguns bairros), as bicas localizada nas proximidades do Banco da Vitória, em Ilhéus, tem sido o recurso utilizado por centenas de itabunenses para conseguir água potável. O movimento é intenso no local e em alguns casos a espera para encher os galões pode chegar a 4 horas, já que o volume de água das três bicas disponíveis também foi reduzido por causa da estiagem. Hoje pela manhã, um comerciante que foi tratar de negócios em Ilhéus aproveitou para pegar 150 litros de água. “É para minha família, minha mãe e minha irmã, e apenas para beber e cozinhar, porque a água da Emasa está muito salgada”, afirmou. Ele chegou as 10 horas e saiu às 15h30min. Ontem a tarde, houve um principio de tumulto, porque um aposentado itabunense tentou encher dois galões com 100 litros de água cada um, o que provocou revolta de quem estava na fila. Para não ter que esperar tanto, algumas pessoas desafiam o perigo e se dirigem ao local durante a madrugada. (Pimenta)

Nenhum comentário: