terça-feira

Rui Costa nega ter recebido dinheiro da Odebrecht

(Foto: Mateus Pereira/GOVBA/Flickr Governo da Bahia) 

Ontem, o governador Rui Costa repudiou as alegações do delator Claudio Melo Filho, ex-diretor da Odebrecht, que citou o repasse de R$ 10 milhões à campanha do petista em 2014, supostamente a pedido de Jaques Wagner. “Digo em alto e bom som: esse grupo não queria a minha eleição em 2014. Andavam falando mal de mim porque eu fui coordenador do metrô de Salvador e não aceitei a proposta de acrescentar R$ 1 bilhão no orçamento para que eles pudessem participar da licitação”, acusou, durante o encontro de prefeitos eleitos do PSD. O petista ainda insinuou que a empreiteira teria apoiado financeiramente o grupo político da oposição. “Todos sabem qual o candidato que eles apoiavam em 2014. É só olhar a prestação de contas para ver quem tem apoio desse grupo empresarial. 

Nenhum comentário: