terça-feira

Ministro diz que Correios 'correm contra o relógio' para evitar privatização

Foto: José Cruz/ Agência Brasil 

O ministro da Ciência, Tecnologia e Comunicações, Gilberto Kassab, disse nesta terça-feira (28) que os Correios "correm contra o tempo" para evitar a privatização. Após participar de uma cerimônia no Palácio do Planalto, Kassab declarou que é contra a medida, mas ressaltou que ela pode ser necessária por conta da crise financeira. "É uma constatação difícil. Sou contra a privatização, mas não há caminho. Nós não temos saída: ou nós promoveremos o equilíbrio rapidamente ou nós vamos caminhar para um processo de privatização", afirmou o ministro. Ele aponta que os problemas na estatal são resultado de "má gestão" na empresa. "Má gestão é loteamento, corrupção, não encontrar receitas adicionais, não cortar para manter equilíbrio. A empresa corre contra o relógio", explicou. Este ano, os Correios chegaram a lançar um plano de demissão voluntária.

Nenhum comentário: